restaurar

Amor De Sertão

Saia Rodada

Amor do sertão aconteceu comigo Lá pras bandas da Bahia cheirei a menina Nos teus olhos se via meu futuro, minha sina Meu pranto rolava como a água das cascatas Daí a pouco a viola choraria Toda dor que no meu peito confrangia E saudade da cabocla que saiu em retirada Igualzinho aos passarinhos que saíram em revoada Deixando no sertão uma alma abandonada Mas deixe está ingratidão Ao cantar da patativa outro sol já vai nascer Vou tirar de minha mente, Vou cantar outro repente, vou tentar te esquecer A solidão bateu, asa branca foi simbora Mandacaru secou, está chegando a minha hora Minha vida agora é noite, já não vejo mais a aurora Tudo por causa da cabocla que nasceu lá no sertão Tomando minha vida, também meu coração Me prometendo muito amor, mas me trocou por outro João

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.