restaurar

Quando a Gente Perde Um Grande Amor

Solteirões do Forró

Quando a gente perde um grande amor É que se dá real valor ao amor Quando o amor da gente vai embora Acaba a alegria a gente chora no canto Triste magoada tendo a sensação Que deixou de ser amada Só não se foi por que a gente não sabe o que é amar Eu quero que você regresse amor Pra alegrar meus dias tristes Pois a poesia sem você é insensata não existe São seus olhos que alegram com as palavras O teu sorriso que inunda minha alma Teu semblante sereníssimo de amor [refrão] E o trem partiu junto com o pôr do sol tua sombra Na janela já não existia mais E até as plantas do jardim secaram E o trem partiu junto com o pôr do sol tua sombra Na janela já não existia mais E até as plantas do jardim secaram Quando a gente perde um grande amor É que se dá real valor ao amor Quando o amor da gente vai embora Acaba a alegria a gente chora no canto Triste magoada tendo a sensação Que deixou de ser amada Só não se foi por que a gente não sabe o que é amar Eu quero que você regresse amor Pra alegrar meus dias tristes Pois a poesia sem você é insensata não existe São seus olhos que alegram com as palavras O teu sorriso que inunda minha alma Teu semblante sereníssimo de amor [refrão] E o trem partiu junto com o pôr do sol, tua sombra Na janela já não existia mais E até as plantas do jardim secaram E o trem partiu junto com o pôr do sol tua sombra Na janela já não existia mais E até as plantas do jardim secaram