restaurar

Compadre Gildo

Teixeirinha

Compadre gildo de freitas Encerraste a carreira Acabou a nossa guerra Que era pura brincadeira Agora estás lá no céu Junto a nossa padroeira No jardim da santidade Aceite toda a saudade Do teu compadre teixeira Pediste a terra pro corpo Antes da extrema unção Também comungo contigo Quando eu morrer quero o chão Mas quero é falar de ti Na minha composição Gildo eu digo com certeza Mais um selo de tristeza Que gruda em meu coração Compadre gildo de freitas Ouça bem o teixeirinha Está te mandando um beijo A tua esposa carminha O jorge , o zeca e o paulo O geneco e a neusinha Teus cinco filhos e netos Os donos dos teus afetos Também da saudade minha Na estância grande do céu Onde te encontras agora Junto aqueles trovadores Que a tempo já são outrora Vão fazer versos contigo Prá cristo e nossa senhora O cardoso na sanfona O tereco se apaixona Compadre gildo de freitas O rio grande está chorando Sentindo a falta de ti E o povo se lamentando Não vão ouvir mais nós dois Em versos se debicando Eram duelos de idéias Prá divertir as platéias E nós como irmãos se dando Foi grande a nossa amizade E disso nunca eu esqueço Sempre nos queremos bem E querer bem não tem preço Mas tu partiste com deus Mudaste de endereço Com cristo tu te refez Quando chegar minha vez Compadre gildo apareço.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.