Protesto

Vanilda Bordieri

Diante do arauto eu estou A ordem já foi dada O rei deste mundo quer me ver Prostrado diante dos problemas meus Prostrado diante do baal Prostrado diante de um falso deus Prostrado diante de baal Prostrado diante da fornalha Prostrado diante da corrupção Prostrado diante das muralhas Prostrado diante da provação Mas levanto a cabeça Olho para o alto De lá vem meu socorro, eu confiarei Não temo a morte, sigo para o alvo O céu é o meu tesouro, não me abalarei Eu protesto, não me prostro Não adoro outro deus Não aceito, não concordo Em negar ao deus dos céus Pra fornalha vou cantando Nem o fogo vai calar Meu louvor, minha adoração Ao senhor jeová

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres