Maria da Fonte

Vitorino

Viva a Maria da Fonte Com as pistolas na mão Para matar os cabrais Que são falsos à nação É avante Portugueses É avante sem temer Pela santa Liberdade Triunfar ou perecer Viva a Maria da Fonte A cavalo e sem cair Com as pistolas à cinta A tocar a reunir Já raiou a liberdade Que a nação há-de aditar Glória ao Minho que primeiro O seu grito fez soar

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe