restaurar

Jibóia Comeu O Boi

Zeca Pagodinho

No varandão da casa grande Houve uma reunião Pois sumiu o boi malhado, gado estimado Orgulho da produção Coronel fazendeiro Convocou todos vaqueiros Pra saber do paradeiro De malhado campeão O carreador de boi Então contou como foi Jibóia comeu o boi, ê, patrão Jibóia comeu o boi A lua, divina lua Que clareia a pradaria De noite não clareou Pojs justo naquele dia Sinhazinha eslava em prantos Chorava por todo o canto Sem querer se conformar Boi malhado foi vencido De noite um forte mugido Ainda paira no ar Jibóia comeu o boi, ê, patrão Jibóia comeu o boi

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.