Biografia de Adriana Mello

Nascida em Feira de Santana na Bahia, em 1978, primogênita do Sr. Renato João L. Mello (In memória) e Dnª Maria José, esses que para alcançar seu primeiro filho passaram duras provações. Todos os filhos do casal morriam assim que sua mãe dava a luz, apenas um que parecia que ia se manter em vida, aos três anos também falece, na época não se havia uma explicação clara para isso, e era uma grande tristeza para sua mãe, que sofria no parto, mas não tinha o filho em suas mãos.

Mas Deus é maravilhoso, em 1977, Dnª Maria José novamente engravida, era mais uma gravidez sem esperanças até um homem de Deus, cheio do Espírito Santo dizer para aquela mulher na qual ele nem conhecia – “Já perdestes muito, mas esta aqui nascerá e viverá, pois com esta Eu tenho grande Obra, Eu a usarei poderosamente nesta terra”.

E como sempre Deus cumpre o que promete, nasce o bebê mais gracioso e saudável daquela maternidade: Adriana Mello.

Foi uma infância feliz, mas ao mesmo tempo conturbada, sua mãe nunca quis render-se verdadeiramente a Cristo e o seu pai era alcoólatra, ela e mais os seus três irmãos que vieram após presenciavam todas as brigas e agressões de seus pais. Mas o Senhor tinha uma grande promessa com aquela menina, que com apenas três anos já estava sendo conduzida à igreja por uma saudosa irmã do circulo de oração à irmã Marina que já dorme.

A igreja era a Assembléia de Deus, igreja que Adriana Mello sempre amou de coração, o talento para louvar ia se despertando rapidamente e já aos cinco anos de idade louvava em sua congregação e vidas eram salvas e curadas através do louvor daquela garotinha, mesmo quando as oportunidades lhe eram concedidas após o termino do culto ninguém “arredava o pé” da igreja enquanto aquela criança não terminava de cantar, logo cedo os convites apareceram, varias igrejas e cruzadas; aquela criança com os seus vestidinhos brancos, rosas e azuis cantava com força e autoridade até em cima de caminhões nas cruzadas evangelísticas. Retornava sempre feliz pelo caminho de volta para casa, nos carros dos pastores que a convidava, mas ao chegar em casa vinha à decepção e o choro de uma criança ao ver o seu pai que tanto amava escravizado ao álcool, e sua oração constante era – “Senhor não permita que alma do meu pai se perca...”.

Mas mesmo sendo apenas uma criança, ela não desanimava, louvar a Deus era o que ela mais amava na vida, e assim prosseguia louvando ao Senhor e ainda na infância foi batizada no Espírito Santo no circulo de oração onde era sempre conduzida pela saudosa irmã Marina e aos sete anos desenvolve o dom de pregar a palavra de Deus.

O tempo passa, chega a sua adolescência, o seu talento é observado por um grupo de louvor da cidade, o Tálamos, que a convida para ser uma de suas interpretes. Ela se destaca de sobremaneira que os pastores passavam a querer convidá-la sem o grupo, mas tudo isso era porque Deus a chamou para louvá-lo sozinha e assim foi.

Mas os tempos eram difíceis, seu ministério estava apenas no começo e a sua família era muito humilde, e para se sustentar e ajudá-los ela começa a trabalhar numa escolinha infantil, onde ficou por dois anos, até conhecer uma grande amiga e conselheira a irmã Marileide, dona de uma livraria evangélica da cidade, onde ela passa a trabalhar como atendente, aquela livraria se transforma em mais que um comercio, era um pronto socorro dos crentes, onde a atendente Adriana era admirada por todos que visitavam aquela livraria, pelo seu sério compromisso com Deus.

Nesta mesma livraria, após três anos, ela conhece o homem tão prometido por Deus para sua vida, o jovem Marcelo Souza, este que mais tarde, se tornaria o seu eterno namorado, o seu esposo para gloria de Deus.

Mas o seu ministério crescia e foi necessário deixar a livraria, curas, batismos, grandes milagres por todas as cidades e estados que ela passava e em 1999 o cumprimento da promessa de Deus, o seu primeiro CD e o maior sucesso da sua carreira, o álbum “O Aviso de Deus” que com a canção “A noiva do Cordeiro” se popularizou e polemizou toda comunidade evangélica de todo o Norte e Nordeste do Brasil, Adriana Mello, demonstra não ser apenas uma simples cantora, mas uma mensageira da ultima hora, pois também recebe da parte de Deus e para sua gloria o dom de compor.

Após quase três anos de casada e com o seu primeiro filho, o Isaías, morre o seu pai, vítima do alcoolismo, mas nas ultimas horas de vida daquele homem, Deus atendendo a oração de sua serva, o seu pai recebe a Cristo como o salvador através do apelo de seu esposo. Ainda prestes a entrar na UTI, e vendo o seu pai agonizando para partir, o Senhor lhe dar uma linda composição enquanto ela segurava a mão de seu pai, o hino Vitória Garantida, esse que se tornaria mais um grande sucesso de seu segundo CD “Quem tem ouvido ouça” atingindo o sul do país.

Mas o Senhor Deus a fortaleceu em sua caminhada, em suas viagens Deus continuava e contínua fazendo grandes maravilhas e tudo isso tem sido e sempre será para gloria do Senhor.
Amem!

Corrigir Biografia

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.