restaurar

A Noite Dos Jangadeiros (Clareou)

Claudia Leitte

Tudo escuro e sem sentido Tudo da terra foi pro mar Desesperar, nem num dilúvio Ventania é que faz voar Com um giz, eu fiz dois riscos Uma ponte a nos libertar Quem tem asas, vive em perigo Por querer um céu pra voar Sei que o amor é luz e que brinca de cegar A lua que me conduz faz a noite clarear Clareou, clareou Clareou a noite inteira Amarelou a lua cheia E o sol raiou na areia Clareou, clareou A noite inteira Amarelou a lua cheia Na areia, o sol raiou Clareou, clareou Tudo posto nessas barcas Nosso dom de acreditar Agrados, palmas e cartas Vivemos do que vem de lá Na noite dos jangadeiros Foi quando lhe vi chegar Você era o meu pedido Na noite de Yeshuá Clareou, clareou Clareou a noite inteira Amarelou a lua cheia E o sol raiou na areia Clareou, clareou A noite inteira Amarelou a lua cheia Na areia, o sol raiou Clareou, clareou Clareou, clareou Clareou a noite inteira Amarelou a lua cheia Na areia, o sol raiou O sol raiou na areia Clareou, clareou A noite inteira Amarelou a lua cheia Na areia, o sol raiou Clareou, clareou

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.