restaurar

Compositor:Fagner, Zeca Baleiro E Sergio Natureza

Era uma bela era uma tarde o casario Era o cenário de um poema de Gullar Tão de repente ela sumiu numa viela Eu no sobrado e uma sombra Em seu lugar Cada azulejo da cidade ainda recorda E cada corda onde tanjo a minha dor No alaúde da saudade no velho banjo No bandolim chorando O fim do nosso amor A primavera benvirá depois do inverno A flora em festa nos trará outro verão Eu fecho a casa dou adeus Ao gelo eterno Vou viver de brisa arder em brasa No calor do Maranhão

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.