restaurar

Flor Da Pele/revelação

Fagner E Zeca Baleiro

Ando tão à flor da pele, Qualquer beijo de novela me faz chorar Ando tão à flor da pele, Que teu olhar "flor na janela" me faz morrer Ando tão à flor da pele, Que meu desejo se confunde com a vontade de não ser Ando tão à flor da pele, Que a minha pele tem o fogo do juízo final Um barco sem porto Sem rumo, sem vela Cavalo sem sela Um bicho solto Um cão sem dono Um menino, um bandido Às vezes me preservo Noutras suicido Um dia vestido De saudade viva Faz ressuscitar Casas mal vividas Camas repartidas Faz se revelar Quando a gente tenta De toda maneira Dele se guardar Sentimento ilhado Morto, amordaçado Volta a incomodar

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.