restaurar

Caranguejo Da Holanda

Lailton Araújo

Tu és “Recife” dos coqueiros casarões Que ilumina três poetas, dois pintores Nesse cordel tem “Casa Grande & Senzala” Um Freire na jangada, navegando por aí Potro malhado, prado, léguas, caiporas Galo castrado, tatu-peba e pitombeiras Quanto brasão, na gameleira, macaxeira Flor-de-cheiro, Ibiribeira, que aluvião Tuparetama, Iguaraci, Tupã levou Ibimirim, Itapetim, canção maior Na ilusão de pescador, imperador Pego peixe, faço nó no teu anzol Mil carabinas se adivinhas de onde vem Um disparate em tal prensagem, algodão Quando escurece na paisagem nordestina Teus olhos trazem vida, bisaco de peão De sertanejo, virou frente, paulistana Caldo-de-cana no papel, sua esperança Anum piou num galho verde de “imbuzeiro” No começo desse termo, acendo a paixão Camaragibe, nesse tique, coração Nos Guararapes surge colonizador Ponte do Pina, Piedade, Graviola Caranguejo, tapioca, Nassau levou

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.