restaurar

Grades E O Menino

Pedrosa

As grades que me cercam assim me deixam em casa, dão alívio e proteção... faz banal minha prisão. Faço parte da rotina... não me sinto só, só assim que sinto o silêncio a paz. Parte da evolução... tantas pessoas, tantos passos e destinos estranhos. Desconhecido fato, fatal solidão a que se sente quando não se está sozinho, procurando uma saída, um caminho... Quebro as grades do destino! Dou liberdade ao homem volto a ser menino... que não sabe o que se passa fora do jardim, antes das grades do futuro. Sem medo das pessoas do pesadelo da solidão, do sonho se faz contente, brincando o viver presente... sem desvios de conduta, sem ter hora de voltar pra casa!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.