restaurar

Homens, Armas E Palavras

Pedrosa

Compositor:Evandro Müller E Ivan Felipe Müller

Assim caminho armado, inseguro sempre vigiado. Não tenho muitos inimigos, mas tenho algo a temer, a sua mente criativa, sua verdadeira ambição, que cria um simples poema ou traz destruição. Somos capazes de amar, sem limites sem razão... Somos capazes de matar, sem motivos sem razão... Ainda não tenho medo, das armas esquecidas que você aponta pra mim. Homens que matam homens, não possuem vida, porque tem que ser sempre assim? Não sou uma ameaça! Mas continuo armado com sinceras palavras. A arma mais cruel, a arma que não mata... tortura sua história! Pode doer pra sempre, no peito na memória!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.