restaurar

Cabritinha

Picasso e Pierre

Compositor:Quim Barreiro

Quando eu nasci minha mãe não tinha leite Eu me criei igual bezerro desmamado Mamei em vaca, em tudo que tinha peito Fui criado desse jeito, fiquei mal acostumado Depois de grande ganhei uma cabritinha Agora vivo mamando no peito da danadinha Eu gosto de mamar No peito da cabritinha Eu gosto de mamar No peito da cabritinha Eu gosto de mamar No peito da cabritinha Eu mamo a hora que eu quero Porque a cabrita é minha A cabritinha adora comida quente Deita em cama igual a gente Gosta muito de lanchar Ela escolhe a hora que eu vou chegando E vai logo preparando O peitinho pra eu mamar Eu gosto de mamar No peito da cabritinha Eu gosto de mamar No peito da cabritinha Eu mamo a hora que eu quero Porque a cabrita é minha

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.