restaurar

Mangueira - Samba Enredo 1996

Samba-Enredo

Os tambores da mangueira na terra da encantaria No revoar da inspiração O poeta conseguiu Contar em verso e prosa O amor pela cultura Lendas e mistérios Do nordeste do brasil Deite numa rede de algodão E adormeça nas crenças do maranhão No fundo do mar Tem um castelo que é do rei sebastião Tem mandinga tem segredo Meu amor eu tenho medo De brincar com assombração Ana se fez donana Na carruagem tem uma mula-sem-cabeça Por incrível que pareça Uma serpente circundando o ribeirão A manguda vai chegar Bumba-meu-boi e cazumbás É festa de são joão Agô iná iná agô ! Oh! doce mãe sereia No seu lampejo que ilumine todos nós Lá na praia dos lençois É noite de lua cheia Os tambores da mangueira Na terra da encantaria Encantaram o touro negro Que num toque de magia Se vestiu de verde e rosa Embarcou na poesia

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.