Itapajé

Hinos

I Esta terra formosa e feliz Encravada entre rochedos mil No trabalho afanoso ela quis Ser glória do nosso Brasil Itapajé a princesa serrana. Do progresso se fez pioneira. Sob as vistas do monge lendário. Hoje, em festa, de luz se engalana. E, exultante, feliz altaneira. Canta um hino num belo cenário. Recostada na serra bendita Qual vigia zeloso e valente Reza um frade de pedra e medita Nos destinos da mais brava gente. II Do trabalho, honradez e altuísmo. A comarca, tornou-se um exemplo. E seu povo, padrão de civismo. De virtudes cristãs fez um templo. Grandes filhos já deu esta terra. Ao comércio, à ciência e a igreja. Cuja vida é um livro que encerra. Um programa de ação benfazeja. A cidade, coberta de glórias. Irmanadas de rude labor Parte agora prá novas vitórias. Sob as bençãos de paz do Senhor

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe