restaurar

Ao Cordeiro

Léa Mendonça

Ao cordeiro de Deus Seja o meu louvor a minha adoração Ao cordeiro de Deus Seja o meu clamor a minha devoção Ao Rei humilde Que por me amar se entregou Naquela cruz sem reclamar nenhum segundo Ao todo poderoso Deus meu redentor Que por amor venceu o mundo Cada lágrima de sangue foi por mim Cada momento de dor foi por mim A coroa de espinhos foi por mim Cravos nas mãos e nos pés foram por mim Ao morrer na rude cruz Ele via Que eu vivo hoje aqui estaria Como sacrifício vivo se entregou Porque Ele é o próprio amor É por isso que eu não posso me calar Em adoração pra sempre eu quero estar A Ti me ofertarei em teu altar Ao Cordeiro seja o meu respirar