Acesso

 

E-mail

esqueciSenha

Entrar

Login com o Facebook

Login com o Google

não tem uma conta?
cadastre-se

página inicialp

Porta Do Mundo

Peão Carreiro e Zé Paulo

logo cifrasCifras de Porta Do Mundo
O som da viola bateu,
No meu peito doeu, meu irmão.
Assim eu me fiz cantador,
Sem nenhum professor, aprendi a lição.
São coisas divinas do mundo,
Que vem num segundo a sorte mudar..
Trazendo p'ra dentro da gente,
As coisas que a mente vai longe buscar. {Bis}

Em versos se fala e canta,
O mal se espanta e a gente é feliz.
No mundo da rima e trova,
Eu sempre dei prova das coisas que fiz.
Por muitos lugares passei,
Mas nunca pisei em falso no chão.
Cantando interpreto a poesia,
Levando alegria onde há solidão. {Bis}

O destino é o meu calendário,
O meu dicionário é a inspiração.
A porta do mundo é aberta,
Minha alma desperta buscando a canção
Com minha viola no peito,
Meus versos são feitos p'ro mundo cantar
É a luta de um velho talento,
Menino por dentro... sem nunca cansar. {Bis}

anonimo

Reportar Letra Repetida | Corrigir? Letra enviada por anonimo em 12/15/2008

Ver Tradução Traduzida para Inglês por Gab126 em 9/18/2011

Envie sua tradução!Traduzida para o Espanhol por ninguém

 Reportar letra repetida Corrigir letra errada

140 caracteresO que você acha dessa música?

 

 

Quem ouviu este artista

Gab126Gab126(262248)
agmaragmar(12)

Você sabia?

Peão Carreiro e Zé Paulo ainda não tem nenhuma curiosidade cadastrada. Envie uma curiosidade sobre Peão Carreiro e Zé Paulo agora.

Wallpapers

Envie um Wallpaper de Peão Carreiro e Zé Paulo e ganhe pontos! Clique aqui. achar ver top wallpapers enviar um wallpaper

Enquete

Ganhe pontos!

outras enquetes

©2016 Petaxxon Comunicação Online