Mistérios

Roupa Nova

Compositor:Michael Sullivan - Paulo Massadas

De uma costela foi gerada Sopro da vida na manhã No paraíso foi tentada Pela mordida da maçã Botou a culpa na serpente E nos cabelos uma flor E descobriu no corpo ardente Que coisa quente é o amor Será pecado se seguir o coração Como calar pra sempre a boca de um vulcão Sempre tem sonhos, quer voar Sempre tem fome, quer morder Sempre tem frio, quer brincar Brincar com a vida de esconder De uma costela foi gerada Tudo parece combinar Tem a pureza de uma fada Mas tem veneno no olhar E quem provar do seu feitiço E quem ousar beber do mel Vai penetrar no paraíso Pra nunca mais sair do céu Será pecado se seguir o coração Como calar pra sempre a boca de um vulcão Sempre tem sonhos, quer voar Sempre tem fome, quer morder Sempre tem frio, quer brincar Brincar com a vida de esconder

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe