Chitãozinho E Chororó

Sergio Reis

Eu não troco meu ranchinho amarradinho de cipó Por uma casa na cidade nem que seja bangalô Eu morro lá no deserto sem vizinho eu vivo só Só me alegra quando canta lá pra aqueles cafundó É o nhambu-chitã, é o chororó. É o nhambu-chitã, é o chororó. Quando rompe a madrugada canta o galo carijó Pia triste a coruja na cunheira do paiol Quando chega o entardecer pia triste o jaó Só me alegra quando canta lá pra aqueles cafundó É o nhambu-chitã, é o chororó. É o nhambu-chitã, é o chororó. Não me dou coma terra roxa com seca larga pó Na baixada do areião eu sinto prazer maior Ver a rolinha, no andar faz caracol Só me alegra quando canta lá pra aqueles cafundó É o nhambu-chitã, é o chororó. É o nhambu-chitã, é o chororó. Eu faço minha caçadas antes de sair o sol Espingarda de cartucho, patrona a tiracol Tenho buzina e cachorro pra fazer forrobodó Só me alegra quando canta lá pra aqueles cafundó É o nhambu-chitã, é o chororó. É o nhambu-chitã, é o chororó. Quando eu sei de uma notícia que outro canta melhor Meu coração dá um balanço fica meio banzaró Suspiro sai do meu peito que nem bala jeveló Só me alegra quando canta lá pra aqueles cafundó É o nhambu-chitã, é o chororó. É o nhambu-chitã, é o chororó.

* A letra está errada? Por favor, envie a correção

* Essa letra é repetida ou pertence a outro artista? nos informe