×

Corrigir

Vício

Aline Batalia

Eu não sei anestesiar tudo que me atrai em você
Esse riso bobo espalhado no ar,
Me prende aqui e eu mal sei porque
A gente se da tão bem,
A gente se da tão mal
Me diz o que existe de errado entre nós?
É uma ideia que foge do normal?

É o vício de querer sempre mais que meu horário permite
É a dose excessiva de um beijo que eu não sei quando posso de novo provar
É o sono, a cama, o carinho, teu cheiro, eu desando
Me desculpa se eu só sei gostar de você


Eu não sei como lidar com seus vários eus
Eu queria de uma vez aplacar os desejos teus
Não consigo dizer tchau, eu não sei me despedir
E toda vez que eu vou embora, eu não queria ir...

É o vício de querer sempre mais que meu horário permite
É a dose excessiva de um beijo que eu não sei quando posso de novo provar
É o sono, a cama, o carinho, teu cheiro, eu desando
Me desculpa se eu só sei gostar de você

É o vício de querer sempre mais que meu horário permite
É a dose excessiva de um beijo que eu não sei quando posso de novo provar
É o sono, a cama, o carinho, teu cheiro, eu desando
Me desculpa se eu só sei gostar de você


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Aline Batalia Ouvir