restaurar

Meiga Senhorita

Almir Sater

Meiga Senhorita Minha meiga senhorita, eu nunca pude lhe dizer Você jamais me perguntou de onde venho e pra onde vou De onde eu venho não importa pois já passou O que importa é saber pra onde vou Minha meiga senhorita o que eu tenho é quase nada Mas tenho o sol como amigo Traz o que é seu e vem morar comigo Uma palhoça num canto da serra será nosso abrigo Traz o que é seu e vem correndo vem morar comigo Aqui é pequeno mas dá pra nós dois E ser for preciso a gente almenta depois Tenho um violão que é pras noites de lua Tem uma varanda que é minha e que é sua Vem morar comigo meiga senhorita Vem morar comigo meiga senhorita, vem morar comigo Aqui é pequeno mas dá pra nós dois E ser for preciso a gente almenta depois Tenho um violão que é pras noites de lua Tem uma varanda que é minha e que é sua Vem morar comigo meiga senhorita Vem morar comigo meiga senhorita, vem morar comigo

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

  • Sucacruz Sucacruz 3/29/2011 1:17:27 PM Linda... Só queria saber realmente quem é o autor, pois o google dá uma porção de autores. Grata, Suely ✏ responder
 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.