×

Corrigir

A Cruz do Salvador

Aurelina Dourado

Como ovelha muda
Seguia nas ruas Jesus Calado
Indo Pro Calvário
Como Ordinário sendo tratado
O carrasco malvado
Caminhava do lado
Lhe empurrava e Batia
Caía ajoelhado com o peso da cruz
Chicoteavam tanto ali o meu Jesus
E pedaços de carne de suas costas saíam

Eu queria estar lá, mas não aguentaria
Ver tanta maldade, tanta covardia
Eu não suportava ver ele sofrer assim
Com certeza eu teria tambem ajudado
Igual o Cirineu ajudou carregar
A cruz do Salvador ali

E no calvário, naquele cenário
Todos ficaram vendo
Ele na cruz deitado
Suas mãos aos soldados estendendo
Pés e mãos rasgaram
Quando levantaram ele daquela Cruz
Até a natureza não aguentou
Ver o sofrimento do Salvador
Protestou na hora que morria Jesus


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Aurelina Dourado Ouvir