×

Curiosidades sobre Bob Dylan

Enviar curiosidade >
  • Reza a lenda que não só os carinhas de Liverpool adoravam o norte-americano: Em 1964, um jovem ídolo das classes mais humildes da América, um tal de Robert Allen Zimmerman, viajava tranqüilo por uma estrada no Colorado. Tudo ia maravilhosamente bem quando, de repente, uma música dos Beatles começou a tocar no rádio de seu carro. Ele parou no acostamento, aumentou o volume, desceu do veículo e ficou batendo com as mãos no capô do automóvel, completamente atordoado com o que ouvia.
  • Uma das principais frases de Dylan e que reflete sua personalidade: "O fato de você apreciar as minhas canções não quer dizer que eu lhe deva alguma coisa".
  • O lendário cantor BOB DYLAN, declarou recentemente em uma entrevista que nos dias de hoje, não há mais grandes grupos de Rock n' Roll. O músico disse também que os Rolling Stones são a última grande banda que ainda existe e que nunca ninguém vai superá-los: “Os Stones estão longe de estar acabados. Eles são verdadeiramente a maior banda de rock’n’roll do mundo e sempre serão. A última também. Tudo que surgiu após eles, seja metal, rap, punk, new wave, pop rock... você pode ligar tudo isso a eles. O Rolling Stones foi o primeiro e último e ninguém nunca fará melhor”, defendeu Dylan.
  • O cantor norte-americano BOB DYLAN alcançou o topo da parada britânica pela primeira vez em 39 anos com seu novo álbum “Together Through Life”. O disco de Dylan foi lançado na semana passada. De acordo com informações do semanário inglês “New Musical Express”, a última vez que o cantor liderou a parada foi em 1970, com o álbum “New Morning”.
  • O lendário cantor BOB DYLAN, concedeu uma entrevista ao "The Times" e disse que se considera um "lobo solitário". “Acho que é a terra onde nasci. As florestas, a vastidão. A terra me criou. Sou selvagem e solitário (...) Sou mais aventureiro do que um homem de relacionamentos”, declarou Dylan.
  • Na sua mais recente entrevista, com Bill Flanagan, BOB DYLAN foi questionado se já considerou a idéia de "comercializar a nostalgia", de forma similar a vários artistas que tinham hits nos anos 60. Ele respondeu: "Eu não poderia, mesmo que eu tentasse. Esses artistas que você está falando, todos eles tinham essas músicas óbvias e de grande visibilidade. Eles começaram como 'anti-sistema' e agora parecem estar de acordo com o Mundo atual. Músicas de celebração. Música para grandes jantares. Coisas do Mainstream que modificaram a cultura e que estão presentes em todos os lugares. Meu négocio é diferente desses caras. É algo mais desesperado." Ele continuou: “Daltrey, Townshend, McCartney, os Beach Boys, Elton, Billy Joel. Eles gravaram faixas perfeitas, então eles precisam tocá-las de maneira perfeita, exatamente da mesma forma que as pessoas lembram delas. Minhas músicas nunca foram perfeitas. Então não faz sentido tentar duplicá-las de alguma forma. De qualquer jeito, eu não sou um artista da grande mídia."
  • Também de 1965 é o filme "Don't Look Back", pioneiro registro dos famigerados "rock movies", formato muito popular na década seguinte. O filme abordava a tour britânica de Dylan e toda a polêmica em torno do seu som então 'eletrificado'.
  • Foi Dylan quem fez, pela primeira vez, um clip promocional de uma música. "Subterranean Homesick Blues" saiu em 1965 e ainda contou com uma ponta do lendário poeta Allen Ginsberg.
  • Mais de 500 livros foram escritos sobre Dylan.
  • A gaita de Bob Dylan foi leiloada por 4,5 mil dólares.
  • O primeiro bootleg (LP pirata) da história do Rock foi o "The Great White Wonder", álbum duplo de Bob Dylan lançado em 1969. Como na época não havia legislação sobre o assunto, era vendido livremente em qualquer loja, embora uma cópia (original, pois depois foram editados vários piratas deste pirata) hoje valha pelo menos US$5.000!
  • Woodrow Wilson "Woody" Guthrie é a figura mais importante do folk americano deste século. Andarilho pelo país, sua reação à pobreza e miséria presenciadas por ele inspirou uma série das melhores e mais fortes composições de seu repertório. Engajado no movimento pró sindicatos, suas canções falam sobre o homem comum e seu esforço e amor pela terra. Na década de 40, junto a Pete Seeger e alguns outros, ele funda em Nova York a Almanac House, um apartamento que funcionava como cooperativa para músicos folk de passagem pela cidade, que situado no Greenwich Village, transforma este bairro no ponto de partida de toda costa leste americano, para o movimento folk cujo auge se deu na década de sessenta. É pai de Arlo Guthrie, que pode ser visto e ouvido nos filmes Woodstock e Alices Restaurant. Ele é sem dúvida a principal influência sobre a música de Bob Dylan.
  • Bob Dylan participa de uma organização contra a fome de nome “World Food Programme” (Programa Mundial Contra a Fome).
  • Seu nome verdadeiro é Robert Zimmerman. Achando o nome excessivamente étnico e sendo grande admirador do poeta Dylan Thomas, ele mudou para Bob Dylan.
  • Desde 1962, Dylan escreveu mais de 500 canções. Recentemente, sua obra completa (cerca de 800 canções) foram disponibilizadas para download no iTunes. O pacotaço sai por cerca de 160 libras.
  • A Christie's Auction of Rock and Pop Memorabilia, empresa especializada em leiloar objetos pessoais dos grande astros da música, arrecadou recentemente 78 mil dólares em troca de alguns poemas rabiscados por Dylan em sua época de colégio.
  • O mítico jornalista Al Aronowitz, que era muito amigo de Dylan, começou a imaginar como seria um encontro entre Bob Dylan e John Lennon. Esse simples desejo secreto rapidamente passou a se tornar uma obsessão, com o jornalista trabalhando para que tal encontro acontecesse o mais breve possível. Foi nesse encontro que Dylan apresentou a maconha aos Beatles, mudando drasticamente a trajetória dos ingleses e do rock.
  • Dylan foi amplamente divulgado como um grande apoiador de Obama durante sua campanha para se tornar o primeiro presidente negro dos EUA. O cantor descreveu Obama na época como alguém que iria "redefinir a natureza dos políticos a partir da base". Em uma longa entrevista à Newsweek, Dylan revelou que ele se interessou em Obama depois de ler sua autobiografia, "Dreams of my Father". Mas ele disse que não havia nada no livro que pudesse representar a ambição política de Obama. "Por um lado, você pensaria que a última coisa que esse homem iria querer fazer é estar no negócio da política", disse Dylan.
  • Recentemente Dylan foi motivo de revolta por parte de algumas crianças. O astro visitava nas horas vagas a escola onde seu neto estava sendo alfabetizado, em Nova York, e costumava cantar para as crianças, acompanhado de seu violão. Logo os pais da criançada começaram a reclamar, pois seus filhos chegavam em casa estressados e com verdadeiro pavor daquele 'velhinho com o violão".
  • O verdadeiro nome de Bob Dylan é Robert Allen Zimmerman. Ele trocou de sobrenome porque tinha um tio, que se chamava Dillion. Dylan só mudou um pouquinho a escrita porque lhe parecia melhor.

Mais tocadas

Ouvir Bob Dylan Ouvir

Biografia

Ver completa >
Robert Allen Zimmerman, mais conhecido como Bob Dylan, (Duluth, 24 de maio de 1941) é um cantor e compositor norte-americano. Nascido no estado de Minnesota, neto de imigrantes judeus-russos, aos dez anos de idade Dylan escreveu seus primeiros poemas e,...

Discografia

Ver mais >

Fotos

Ver mais fotos >

Últimas notícias

Ver mais >