restaurar

Letra - Deusa Cunhã

Boi Garantido

Ao som do tamurá, maracá, carriço, ireru, puraci-sauá Surge a deusa cunhã pra dançar O ritmo selvagem de guerra hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! Iluminada pelos olhos hipnotizados do luar Que a segue e se perde na imagem mais bela De toda floresta Herdeira da glória vermelha Tem a graça e a beleza dos ancestrais Seu corpo é todo um monumento Livre em perfeito movimento na luz do luar (bis) A oblação dos povos da floresta Todos os deuses te consagram aqui na terra A própria encarnação cunhã da glória de mulher Dança, deusa cunhã, exuberante rainha Dança guerreira, cunhã poranga da nação vermelha Ao som do tamurá, maracá, carriço, ireru, puraci-sauá Surge a deusa cunhã pra dançar O ritmo selvagem de guerra hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! hei! há! Iluminada pelos olhos hipnotizados do luar Que a segue e se perde na imagem mais bela De toda floresta Herdeira da glória vermelha Tem a graça e a beleza dos ancestrais Seu corpo é todo um monumento Livre em perfeito movimento na luz do luar (bis) A oblação dos povos da floresta Todos os deuses te consagram aqui na terra A própria encarnação cunhã da glória de mulher Dança, deusa cunhã, exuberante rainha Dança guerreira, cunhã poranga da nação vermelha

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.