×

Corrigir

Dona do Meu Mundo

Breno E Caio Cesar

Às vezes tão menina,
Às vezes tão mulher,
Às vezes um mar tranquilo,
Às vezes agita a maré.

E quando ela me olha
E pede pra eu me controlar...
Mas eu não garanto,
Eu não garanto.

Seu corpo é poesia,
Até de moletom.
Tesouro escondido
Debaixo do edredom.

E quando ela me abraça
E pede pra eu me controlar...
Mas eu não garanto,
Eu não garanto.

E você sabe de tudo,
Dona do meu mundo.
Sabe que eu te olho enquanto dorme,
Que eu te puxo enquanto foge.
Sabe de tudo,
Dona do meu mundo.
Sabe que eu não resisto
Quando se faz de difícil.
Sabe de tudo,
Dona do meu mundo.

Seu corpo é poesia,
Até de moletom.
Tesouro escondido
Debaixo do edredom.

E quando ela me abraça
(E quando ela me abraça)
E pede pra eu me controlar...
Mas eu não garanto,
Eu não garanto.

E você sabe de tudo,
Dona do meu mundo.
Sabe que eu te olho enquanto dorme,
Que eu te puxo enquanto foge.
Sabe de tudo,
Dona do meu mundo.
Sabe que eu não resisto
Quando se faz de difícil.
Sabe de tudo,
Dona do meu mundo.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Breno E Caio Cesar Ouvir