restaurar

Renunciação

Carlos Alberto

Renunciação Carlos Alberto Escrevo com tristeza despedida
E deixo neste adeus a própria vida
Não posso ver-te
Pois teus olhos nos meus olhos
Chorariam tanto pranto
E eu jamais diria adeus a ti
Em troca levarei no pensamento
Lembranças que serão doce tormento
Esta renuncia deixa o coração ferido
Nosso amor é proibido
E é melhor dizer-te adeus assim

Andamos a passo um só caminho
Vivemos dois a dois um só carinho
Amamos tão alheios ao pecado
Amamos tanto neste amor tão desesperado
E hoje, embora eu siga sozinho
Na renúncia buscarei novo caminho
Adeus, levo comigo a desventura
De nunca mais poder sentir tua ternura

(Escrevo com tristeza a despedida
E deixo neste adeus a própria vida
Não posso ver-te
Pois teus olhos nos meus olhos
Chorariam tanto pranto
E eu jamais diria adeus a ti)

Andamos a passo um só caminho
Vivemos dois a dois um só carinho
Amamos tão alheios ao pecado
Amamos tanto neste amor tão desesperado
E hoje, embora eu siga sozinho
Na renúncia buscarei novo caminho
Adeus, levo comigo a desventura
De nunca mais poder sentir tua ternura

Distante, mas contigo tão presente
Em preces pedirei por nossas vidas
Que possa um dia novamente o teu destino
Se juntar ao meu destino
E nunca mais haver um só adeus

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.