×
Corrigir

Cidadão

Carlos Zoffo, Chapéu de Couro e Irmandade do Som

Ei você cidadão
Cansado, casado, castrado,
Castigado pelas manhãs
Cara lavada por um misero salário
Pelas tardes mergulha
Em qualquer um dos seus vícios

Noites e madrugadas
São realmente suas vontades insaciadas
Porra então se mostra
Folga e rouba também

Ei vocvocê cidadão
Do jeito que você anda
Só nascendo de novo
Se vê feio no espelho
Se masturba no banheiro
Nem mesmo um cheiro ou uma bola
Te tiram da realidade nua e crua do seu viver

Um terreno um dia
Você vai conseguir ter
Pois até seu caixão já está feito
Vocvocê pode escolher






Mais tocadas

Ouvir Carlos Zoffo, Chapéu de Couro e Irmandade do Som Ouvir