×
Corrigir

Cercamentos

Casa Bizantina

Nada de pânico e desespero
Os muros nascem nos campos como
Fios de cabelo
Um tiro certo no cerebelo
E a hora de exumar a manifestação

Vamos limpar as nossas armas
Com livros, discos
E as palavras

Autores dos seus dramas
São belos pratos frios
Em suas camas
Escolham seus narizes
Preparem o picadeiro
Iluminem nosso palco
Este é o povo brasileiro






Mais tocadas

Ouvir Casa Bizantina Ouvir