restaurar

Saudades da Júlia Mendes

Cristina Branco

Oh júlia
Trocas a vida p'lo fado
P’lo fado, esse malandro vadio

Oh júlia
Olha que é tarde, toma cuidado
Leva o teu xaile traçado
Porque de noite faz frio

Oh júlia
Andas co’a noite na alma
Tem calma, ainda te perdes praí

Oh júlia
Se estás no mundo vencida
Não finjas gostar da vida
Que ela não gosta de ti

Não fales coração
Tu és um tonto sem razão
Viver só por se querer não chega a nada
Aceito a decisão
Que os fados trazem ao nascer
Todos nós temos que viver de hora marcada

Se Deus me deu a voz
Que hei-de eu fazer senão cantar
O fado e eu a sós queremos chorar
Eu fujo não sei bem de quê
Do mundo ou de ninguém, talvez de mim
Mas oiço alguém dizer-me assim

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.