restaurar

Letra - Rancho Coração

Délcio Tavares

Nestes junhos de invernias Com prenúncios de geadas Busco na luz das estrelas Os olhos da minha amada No meu rancho coração Me emponcho de soledade Abro as portas pra os recuerdos Da ?oh de casa!?, a saudade Meu rancho de porta aberta E cheio de boas vindas Está vazio com tua ausência Por isso é mais triste ainda Guitarreio melodias Entropilhadas de amores Grafadas nos aramados Com as tramas dos corredores Se os junhos trazem as cheias Mesmo em clima de verão Tua ausência traz saudade No meu rancho coração Talvez um dia tu voltes Para cevar o meu mate Trazendo do verão em junho No outono em arremate Quando chegar meu inverno Não estarei mais sozinho E os rios que correm em mim Transbordarão de carinho

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.