×

Corrigir

Presença (part. Skank)

Emicida

No sol que vai dourar
Na noite mais escura iluminar
No canto da espuma do verde do mar
Ela é feito pluma solta no ar

Está em tudo sempre onde vou
Já não preciso...procurar!

O seu presente eu sou
Onde está presente eu tô
O meu presente chegou
Se ela está presente eu tô...

No seu jeito de olhar
Um pensamento livre vou imaginar
No horizonte surge, no luar, lunar
Num suspiro profundo a te desejar...

Está comigo levo onde vou onde vou
Já não preciso...procurar!

Tipo "la belle de jour"
Coisa de pele, tru
Classe como jameli, simples em timbres blue
Ela mexe o cabelo, mexe a cadeira
E mexe com a cabeça dos cara da rua inteira
É o ritmo, mítico, crítico
É o que não cabe em nenhum logaritmo
E não, cede
Pede um lugar íntimo
Pois carinho com um bom vinho a dois
Devaneio do sexo oposto
Faço gosto a imaginar do meu posto
Toda volúpia, eros volúsia manda
Manda e lembra terra boa à la Carmen Miranda

Está em tudo sempre onde vou
Já não preciso...procurar!

O seu presente eu sou
Onde está presente eu tô
O meu presente chegou
Se ela está presente eu tô...

A rua é nóiz


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Emicida Ouvir