restaurar

Sagguh

Fiddy

Desviando meandro
vi cachorro se cagando
vi um gato se coçando
uma ovelha a gritar

senti um vento frio no meu saco
uma catinga no olfato
território esbugalhar

menino buchudo
a fome trepa e ateia
sai da frente da carroça
que o rabo encandeia

melado de lama
ninguém reclama
quando chega a merenda
o estômago inflama

Quinca Badalo era um velho que vivia nu
OU! OU!

eu vou arrancar seu olho e vou fritar

menino treloso vestido de marinheiro
menino buliçoso maluvido e arengueiro

batuque no latão
urubu na plantação
vestido de farrapo
e a genitália a exposição

enquanto tudo balança
na divina criança
animal no corpo humano
é o homem girapé

eu vou arrancar seu olho e vou fritar

menino treloso vestido de marinheiro
menino buliçoso maluvido e arengueiro

fumei um maruim e vou rimando e criando com
Latino & miano vou fechar
senti uma fisgada na garganta
uma lapada que confronta a faringe estourar

eu vou arrancar seu olho e vou fritar
menino buchudo vestido de marinheiro
menino buliçoso maluvido e arengueiro


senti uma fisgada na garganta
saguh!
saguh! saguh!

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.