×

Corrigir

Livre e Triste

Filipe Ret

Amanhã eu não acordo cedo
Vou sair de vermelho, seduzir o mundo inteiro
Não me aponte o dedo
Só eu sei o meu valor, ninguém me mete medo, eu já conheço a dor
A gente não receia, se alimenta com a inveja alheia
Não tem medo da sua cara feia

Sei que não nasci pra ser freira, nem tô de bobeira
Para de ficar me olhando e chega
O bonde vai sair pesado, decote brilho e batom
As amigas tão do meu lado drink
Envenenado e tão querendo emoção
Quando a gente chega, gatinho tonteia
Se se aproximar vai cair na teia

Me manda uma letra, vem logo e me beija
Mas se eu gostar, vai ter que me levar
Mais uma vez to aqui sem você, livre e triste
Mais uma vez to aqui sem você, livre triste

Até quando eu vou te que fingir
Que eu to feliz sem você do meu lado aqui
Até quando eu vou te que fingir
Que eu to feliz sem você do meu lado aqui
Vou tentar ser otimista, toda lágrima é egoísta
Mas se hoje tudo der certo

Vai dar amor
Vai dar amor
Vai dar amor
Vai dar amor

Mais uma vez to aqui sem você, livre e triste
Mais uma vez to aqui sem você, livre triste


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Filipe Ret Ouvir