restaurar

Inspiração

Forróçacana

Tentei a valsa, o maxixe, e foz trot
Mas não tive muita sorte nem se quer inspiração
Pedi a bênção para a minha padroeira
E quem sabe sexta feira resolver minha questão
Fui num forró e bati com a mão na testa
Pois ali naquela festa foi que eu vi a solução
Duas meninas de suor de pele fina
Viajando na batida da zabumba e do baião
Eu fui rodando fui ficando meio doido
E no passo eu fui levado sem direção

Quanta alegria, quanta poesia eu pude encontrar
Se não danço xote a noite inteira
Vou ficar de bobeira doido pra dançar
Quanta alegria, Quanta poesia dentro do salão!
Já não preciso mais contar com a sorte
Dançando aquele xote fiz essa canção


(Davyan N.E.O.Q.E.A.V./I.L.Y./E.T.A.)

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.