×

Corrigir

Canudinho

Galã do Brega

Por você eu bebo o mar de canudinho
Atravesso o polo norte de shortinho...
Entro descalço em um vulcão em erupção
Faço um assalto e roubo o seu coração...

Bateu bem forte
Foi fuminante, balançou meu coração
Menina linda, eu tô ficando sem noção
Parei na tua, te quero todo só pra mim...

O teu olhar, e teu carisma
Me pegaram bem de jeito
Está morando do lado esquerdo do peito
De uma menino que não queria mais amar...

Não quero nem saber
Se tem negrinho já de olho em você
Se está fechada a porta do seu coração
Faço de tudo e uso a imaginação...

Eu pago pra ver...
Tente entender...
Que eu quero você...
Quero você...

Por você eu bebo o mar de canudinho
Atravesso o polo norte de shortinho...
Entro descalço em um vulcão em erupção
Faço um assalto, roubo o seu coração...

Por você eu bebo o mar de canudinho
Atravesso o polo norte de shortinho...
Entro descalço em um vulcão em erupção
Faço um assalto, roubo o seu coração...

Não quero nem saber
Se tem negrinho já de olho em você
Se está fechada a porta do seu coração
Faço de tudo e uso a imaginação...

Eu pago pra ver...
Tente entender...
Que eu quero você...
Quero você...

Por você eu bebo o mar de canudinho
Atravesso o polo norte de shortinho...
Entro descalço em um vulcão em erupção
Faço um assalto, roubo o seu coração....[x2]


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Galã do Brega Ouvir