×
Corrigir

Milagreiro da Sanfona

Germanno Júnior

No agreste nordestino no dia que deus marcou e abençoou
Nasceu um gênio menino com um coração de tocador
Foi no mês de fevereiro dia 12 de quarenta e um
Veio ao mundo um neném com um talento incomum
De familia muito pobre mas rica de tanto amor
O filho de mariinha e seu chicão um bom afinador
Era ainda pequenino quando o talento aflorou
Aprendeu tocar sanfona um grande mestre se tornou
Milagreiro da sanfona com seu toque encantador

Sua musica, sua arte é um tesouro
De raríssimo valor
Gente boa pessoa de ouro
Uma doçura um amor
Além da genialidade é
Um oceano de humildade
Esbanja criatividade
Tocando xotes, choros e baiões e outras canções
Dedilhando a sanfona em fá, sol, lá, si, dó, ré, mi.
Muito bom pra se dançar bom demais pra se ouvir
Muito bom pra se dançar bom demais pra divertir
Para lhe homenagear estamos todos aqui
Vamos todos levantar vamos todos aplaudir
Salve o mestre Dominguinhos

Composição: Germanno Júnior






Mais tocadas

Ouvir Germanno Júnior Ouvir