×

Corrigir

Minha Mulher Amante

Gilberto e Gilmar

Oh, minha mulher amante
Flor cativante do meu apreço
Por já ser comprometido
Amor dividido ofereço
À tenho sem merecer
E a esquecer-la eu não consigo
Enquanto a noite desce
Você adormece a sonhar comigo.

Na boca de muita gente
Você constantemente você não presta;
Jamais alguém acredita
Que você viva pra mim honesta.
Enquanto estou com outra
Você se encontra triste sozinha
Eu tenho um outro bem
Mas você não tem é somente minha.

A outra vive em enganando
Mas eu a mão igual a você
É a santa mãe dos meus filhos
Divino idílio do meu viver.
São dois amores profundo
Que faz o mundo ser contra eu
Mais eu peço por amor
É pra me julgar é somente Deus.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Gilberto e Gilmar Ouvir