restaurar

Letra - Aquarela Do Brasil

Gilberto Gil

Brasil, meu Brasil brasileiro Meu mulato inzoneiro Vou cantar-te nos meus versos O Brasil, samba que dá Bamboleio que faz gingar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor Brasil! Brasil! Pra mim... Pra mim... Ô, abre a cortina do passado Tira a mãe preta do cerrado Bota o rei congo no congado Brasil! Brasil! Deixa cantar de novo o trovador À merencória luz da lua Toda a canção do meu amor Quero ver essa dona caminhando Pelos salões arrastando O seu vestido rendado Brasil! Brasil! Pra mim... Pra mim... Brasil, terra boa e gostosa Da morena sestrosa De olhar indiscreto O Brasil verde que dá Para o mundo se admirar O Brasil do meu amor Terra de Nosso Senhor Brasil! Brasil! Pra mim... Pra mim... Ô, esse coqueiro que dá coco Oi onde amarro minha rede Nas noites claras de luar Brasil! Brasil! Ô, oi essas fontes murmurantes Oi onde eu mato a minha sede E onde a lua vem brincar Oi, esse Brasil lindo e trigueiro É o meu Brasil brasileiro Terra de samba e pandeiro Brasil! Brasil! Pra mim... Pra mim...

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.