restaurar

Balada Do Lado Sem Luz

Gilberto Gil

O mundo da sombra, caverna escondida Onde a luz da vida foi quase apagada O mundo da sombra, região do escuro Do coração duro, da alma abalada, abalada Hoje eu canto a balada do lado sem luz Subterrâneos gelados do eterno esperar Pelo amor, pelo pão, pela libertação Pela paz, pelo ar, pelo mar Navegar, descobrir outro dia, outro sol Hoje eu canto a balada do lado sem luz A quem não foi permitido viver feliz e cantar Como eu Ouça aquele que vive do lado sem luz O meu canto é a confirmação da promessa que diz Que haverá esperança enquanto houver Um canto mais feliz Como eu gosto de cantar Como eu prefiro cantar Como eu costumo cantar Como eu gosto de cantar Quando não tão a balada, a balada, a balada

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.