restaurar

Letra - Gilbertos

Gilberto Gil

Aparece a cada cem anos um E a cada vinte e cinco um aprendiz Aparece a cada cem anos um mestre da canção num país Aparece a cada cem anos um E a cada vinte e cinco um aprendiz Foi Dorival Caymmi que nos deu A noção da canção como Liceu A cada cem anos um verdadeiro mestre aparece entre nós E entre nós alguns que o seguirão Ampliando-lhe a voz e o violão É assim que aparece mestre João E aprendizes professando-lhe a fé Um Francisco, um Caetano, algum Roberto E a canção foi mais feliz Aparece a cada cem anos um E a cada vinte e cinco um aprendiz Aparece a cada cem anos um E a cada vinte e cinco um aprendiz Composição: Gilberto Gil

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.