restaurar

Letra - Poço Fundo

Gilberto Gil

Eu sou um poço fundo Um mundo de mistério Será que assim pareço Pra você? Pareço uma Alemanha Montanha de minério Será que assim mereço Parecer? Uma montanha negra Consagrada ao rito Dos pactos de amor que faço em mim Pareço com uma pedra Bruta Preta de granito Mereço mesmo parecer assim? Pergunto porque junto do meu leito Toda noite Há sempre uma florzinha de cheirar Pergunto porque junto do meu jeito Meio afoito Carrego uma ternura, um bem-estar Pergunto porque dentro do meu peito Todo dia Se cria uma cantiga para o amor Pergunto porque, embora de aparência Um tanto fria Nunca eu estou feia Nunca estou vazia Vivo sempre cheia De uma simpatia Nunca uma Alemanha Sempre uma alegria E a minha manha É manhã de calor

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.