restaurar

Sampa

Gilberto Gil

Álbum: Sampa

Compositor:Caetano Veloso

Alguma coisa acontece no meu coração que só quando cruzo a Ipiranga e a Avenida São João é que quando eu cheguei por aqui, eu nada entendi Da dura poesia concreta de tuas esquinas da deselegância discreta de tuas meninas Ainda não havia pra mim Rita Lee a tua mais completa tradução Alguma coisa acontece no meu coração que só quando cruzo a Ipiranga e a Avenida São João Quando eu te encarei de frente a frente e não vi o meu rosto chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto o mau gosto É que Narciso acha feio o que não é espelho E a mente apavora o que ainda não é mesmo velho Nada do que não era antes quando não somos mutantes E foste um difícil começo, afasto o que não conheço E quem vem de outro sonho feliz de cidade Aprende depressa a chamar-te de realidade Porque és o avesso do avesso, do avesso do avesso Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas Da força da grana que ergue E destrói coisas belas Da feia fumaça que sobe apagando as estrelas Eu vejo seguir teus poetas de campos, espaços Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva Panaméricas de Áfricas utópicas do mundo do samba Mais possível novo Quilombo de Zumbi E os novos baianos passeiam na tua garoa E os novos baianos te podem curtir numa boa

comentário Deixe seu comentário

Máximo de 140 caracteres

 

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.