×

Corrigir

Che Yara Porã Tupy

Irmãs Castro

Na fronteira Paraguaia
Num ranchinho eu vivia
Era pobre de dinheiro
Porem rica de alegria

Porque tinha ao meu lado
Alguem que me compreendia
Porque tinha ao meu lado
Alguem que me compreendia

Era um indio forte e belo
Nobre raça guarani
Dizia que para ele
Eu era uma juriti

Me chamando em seu idioma
Che Yara Porã Tupy
Me chamando em seu idioma
Che yara Porã Tupy

Momentos mais venturosos
Juro que jamais vivi
Mas um dia veio a morte
Ai meu Deus quanto sofri

Suas ultimas palavras
Che Yara Porã Tupy
Suas ultimas palavras
Che Yara Porã Tupy

Cada suspiro me lembra
Um momento que eu vivi
Na saudade escuto a fala
Do meu indio guarany

Que do ceu ainda me chama
Che Yara Porã Tupy
Que do ceu ainda me chama
Che yara porã Tupy


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Irmãs Castro Ouvir