×

Corrigir

Estão Batendo

Joel De Almeida

Estão batendo,
Se for comigo diga que eu não estou,
(fui pra Paris, fui pra Moscou)
É a mulata,
Que a pouco tempo você abandonou
(meu Deus do céu, mas que horrô)
Está zangada,
De cara feia atras de um vassourão,
Pelo que eu vejo ela vem disposta,
A fazer barulho a te meter a mão.

Vou espiar,
Se for verdade eu vou me esconder,
Essa mulata é de meter pavor,
Ela é que trate de se defender.
O meu lugar
É bem atras daquele guarda-roupa,
Você arreda e fica bem quietinho
Essa mulher é da gandaia solta.

Se o pau comer
Você me chama um guarda, por favor,
E a assistência, pelo amor de Deus,
Vá na farmácia e chame um doutor,
(estou com muita dor)
No sururú, dessa maneira eu vou levar desvantagem
Essa mulher bateu num regimento,
Eu já conheço a sua malandragem...




Veja também



Mais tocadas

Ouvir Joel De Almeida Ouvir