×

Corrigir

Aos Desgarrados do Pago

Leonardo (gaúcho)

Aos desgarrados do pago
Que tem no peito uma ansia
De encurtar a distancia
Da querencia onde nasceu
Estou trazendo noticias
Numa cantiga de afago
E o recado que trago
Ao filho que se perdeu
O rio grande nao esquece
De todos os desgarrados
Que mesmo estando afastados
Nao perdem a identidade
E o que mais tem importancia
Do tamanho da distancia
Sempre e menor que a saudade
Quando tu fostes embora
Pra viver nova experiencia
Saibas que a terra que amas
Tambem chorou tua ausencia
Se um dia o ceu te chamar
Marcando o fim da existencia
Morre gritando rio grande e manda a alma pra querencia 2x
Vou te dar outras noticias
Pra te deixar mais contente
O cantar da nossa gente
Esta bem mais xucro e mais chao
Quiseram fazer mudancas
No nosso regionalismo
Mas o puro gauchismo
Ainda joga de mao
Nesta cordeona que escutas
Fazendo amparo pro tema
Sonorizando um poema
Despretencioso que fiz
E uma homenagem sincera
No coracao deste cuera
Pra te fazer mais feliz
Quando tu fostes embora
Pra viver nova experiencia
Saibas que a terra que amas
Tambem chorou tua ausencia
Se um dia o ceu te chamar
Marcando o fim da existencia
Morre gritando rio grande e manda a alma pra querencia 2x
Quando fizeres um fogo
Pra um churrasquito na brasa
Sei que vais lembrar de casa
Do fogonear no galpao
Nao te envergonhes de nada
Se a saudade te abraca
Junta o choro da fumaca
Ao pranto do coracao
Fale do pampa gaucho
Com orgulho e reverencia
Nao te esquecas da querencia
Que ela nunca te esqueceu
Nao sei porque foste embora
Mas quando achares que e hora
Volta que o pago ainda e teu
Quando tu fostes embora
Pra viver nova experiencia
Saibas que a terra que amas
Tambem chorou tua ausencia
Se um dia o ceu te chamar
Marcando o fim da existencia
Morre gritando rio grande e manda a alma pra querencia 2x


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Leonardo (gaúcho) Ouvir