×

Corrigir

Gesto Expontaneo

Leonardo (gaúcho)

O voo da garça branca riscando um gis na poluição
O sim em todas as bancas rasgando as folhas do não;
Amigo de toda hora te manda embora, te nega a mão
Mas só da boca pra fora por dentro é mais que um irmão.

É alta cabeça, é gesto expontâneo, é gente de fé
Que as vezes até não parece, mas é..!

Jovens de sonhos alados sem rumo certo e seu encontrar
De olhos enamorados, buscando alguém, um lugar
A mão ao longo da estrada escancarada a sinalizar
É gesto de quase nada, mas só quem tem sabe dar.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Leonardo (gaúcho) Ouvir