restaurar

Letra - Pouti-Pourri Amor Distante/ Inquilina de Violeiro (part. Zezé Di Camargo e Luciano)

Luan Santana

Um rapaz com sua viola, vem chegando do interior Com chapéu de boiadeiro e trajes de lavrador Em um prédio em São Paulo, entrou no elevador Também entrou uma moça igual um botão de flor Achando a moça tão bela o rapaz falou pra ela Quero ser o seu amor A mocinha respondeu com um gesto indelicado Para mim você não passa de um mendigo conformado Você com essa viola é um caipira atrasado Não tem onde cair morto e quer ser meu namorado Só fico com gente nobre Você é um rapaz tão pobre, não namoro pé rapado O rapaz muito educado então disse pra menina Ando com essa viola pra cumprir a minha sina Mas sou muito caprichoso, só tenho prédio de esquina Para mim você não passa de uma falsa granfina Onde moras não é seu, esse prédio aqui é meu Você é minha inquilina Me chame como quiser, de caipira ou de roceiro Esse chapéu representa o troféu dos boiadeiros Não largo dessa viola porque sou bom brasileiro Atrasou seu aluguel, vim receber meu dinheiro Cumpra melhor seu dever Sinta orgulho de ser inquilina de violeiro

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.