×

Corrigir

Velho Homem

Madalena 19

O velho homem não aguenta mais suas costas e a criança não tem colo pra dormir
O velho homem já perdeu as esperanças e a criança não aprendeu a sorrir
O mundo inteiro aplaude de pé a derrota
Honra glória o que é isso velho homem desse daí.
Como criança na madrugada com medo do escuro da rua pelada, debaixo da cama pensando em fugir.

Te conheço de algum lugar
De todas manhãs
É meu teu olhar
Tão sábio ciente, tão fraco inocente
Velho tão menino deixou de brincar.

Vai ver que então, tudo que passou serviu de lição
E ainda mais traço os meus caminhos com os passos de trás. (2x)

Fugir de noite deixou de ser brincadeira, agora é maneira pra poder se encontrar
Com o velho menino trancado no homem que foge da noite e se tranca no velho assim é mais fácil de encarar.
O velho homem deitado no porto se finge de morto é só aparência na verdade se esqueceu que foi pescar
E quando levanta encontra do lado um anzol mastigado de peixe um recado:
-meu senhor quando vai voltar

Me conheço de algum lugar, do ventre de minha mãe
O pássaro parou de cantar
Não canta, não voa pra nenhum lugar
Velho tão menino deixou de brincar.

Vai ver que então, tudo que passou serviu de lição
E ainda mais, traço os meus caminhos com os passos de trás. (4x)

Menino
Velho
Homem
Velho
Menino
Homem
Velho
Menino velho homem.


Veja também



Mais tocadas

Ouvir Madalena 19 Ouvir