restaurar

Homenagem À Velha Guarda

Monarco

Compositor:Monarco

Um dia, tu fostes à Lapa ver a malandragem Perdeste o tempo e a viagem Como teu samba diz Eu fui à Portela ver os meus sambistas Mas consultando a minha lista Também não fui feliz. Lá falaram-me sobre um terreiro Onde eles passam o dia inteiro Num lugar qualquer de Oswaldo Cruz Fica lá perto de Banto Ribeiro Onde Paulo e seus companheiros Faziam sambas que até hoje seduz Procurando na localidade Encontrei mano Alvaiade, Nosso antigo diretor de harmonia Deu-me sua dica valiosa É uma casa formosa Que reune paz, amor e alegria Aí vi os sambistas de fato Manacéia e Lonato e outros mais Juro que fiquei boquiaberto Nunca me senti tão perto Da Portela dos tempos atrás.

Todas as informações deste site são postadas inteiramente por seus usuários e seus dados podem conter erros. O Letras exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas. Entre em contato conosco caso haja interesse em editar ou excluir alguma informação.

É proibida a reprodução das músicas encontradas em nosso site em quaisquer outros meios, sendo permitida somente a visualização das mesmas (Lei 9610/98). Todas as letras de músicas em nosso site são divulgadas apenas para fins educacionais e são propriedade de seus autores. All lyrics in our website are provided for educational purposes only and they are property and copyright of their owners.